A Cidade que Nunca Dorme. Archangelos II. Romance paranormal +18

Nicole é a proprietária da loja «Ervas Curativas». Ela é uma eterna sonhadora, crente fiel do destino e do amor à primeira vista.

Ralph visita pela segunda vez Nova York, com a intenção de conhecer a loja localizada no Central Park «Ervas Curativas» já que admira as pessoas que, com os avanços da medicina, continuam acreditando no poder curativo das plantas.

Tudo mudará quando Ralph e Nicole se conhecerem. Uma imediata atração entre eles.

Mas, o que vai acontecer quando Nicole descobrir que Ralph é a mesma pessoa que ensinou a sua bisavó a arte de curar com as plantas?

a-cidade-que-nunca-dorme-mai-stefania-gil

Ralph a seguiu com o olhar, não queria tirar os olhos de cima daquela mulher. Caminhava com elegância e sensualidade.
O aroma que provinha dela era embriagador.
Seguiu-a e sentou no sofá. Aceitou com gosto a xícara de chá fumegante que lhe oferecia Nicole.
Deu um gole e isso bastou para que seus músculos se liberassem da tensão que sentia.
Ela lhe estava dando o mesmo chá que oferecia a seus clientes.
— O que o fez voltar? — perguntou Nicole cruzando os braços — Há algum tempo você entrou aqui e sem dizer nem uma palavra, saiu correndo.
Ralph pensou que queria beijá-la nesse instante, seus carnudos lábios eram muito tentadores para ele.
Mas se limitou a sorrir de forma maliciosa.
Estava fazendo um grande esforço para se controlar. Ele não era impulsivo e não conseguia entender o que eram todas essas emoções que sentia quando estava frente àquela mulher.
— Como é que você se recorda de mim? — perguntou.
— Nunca havia tido um cliente que entrara no estado em que você se encontrava. Podia jurar que havia visto um fantasma ou que estava fugindo de alguém, porque estava pálido e suando muito — Nicole sorriu — agora podia me dizer por que voltou?

— Você me fez regressar — respondeu Ralph com o olhar próprio de um caçador que está pronto para atacar a presa.

Compre agora:

A Cidade que

Nunca Dorme

Leia as primeiras páginas aqui:

Compartir en las redes:

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *